Dor e Glória

Eu consigo lembrar com riqueza de detalhes, as dores mais profundas que senti, das noites mal dormidas e os choros madrugada adentro. Do turbilhão de sentimentos, do medo e da sensação de estar perdido.

Quando repenso as tempestades pelas quais passei, percebo que cada uma delas me trouxe um amadurecimento que eu achava difícil alcançar. Sei lá, às vezes as situações são mais caóticas na minha cabeça. Não sei explicar a sensação de vencer algo que um dia pareceu maior do que eu.

Percebi, então, o que faço quando gosto legitimamente de alguém – e da alegria que meu coração sente quando isso acontece; do que sou capaz para consertar uma injustiça – e da sensação de deixar o orgulho de lado; de quanta inspiração brota do caos – e do alívio que é poder escrever e calar minhas inseguranças; e da beleza única do perdão.

E ao lembrar de tudo isso, sorrio.

Eu sei que há uma estrada pela frente e que existirão dias nublados e ensolarados, para os quais eu, talvez, esteja preparado. Mas isso não me assusta. E já sinto um profundo orgulho por querer seguir nela mesmo sem saber o que me espera. 

Photo by Kyle Johnson on Unsplash


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s