Agridoce

Dentre todas as decisões que já tomei, saber a hora de partir foi, e é, uma das mais difíceis.

É uma sensação de que não está tudo bem, de que falta algo (mesmo sem eu saber o quê exatamente). É coração acelerado, pensamento agitado e noites insones. Sinais que algumas vezes ignorei; até tornarem-se frequentes.

É como se eu estivesse envolto em uma névoa e quisesse fugir mesmo estando perdido. Sinto o peito ardendo. Levanto e respiro fundo, mas o ar parece não entrar nos pulmões. Vou ao trabalho e não consigo me concentrar. Deito e não consigo dormir.

E nesses dias eu preciso fazer escolhas: alimentar os fantasmas que vêm com essas sensações ou tentar entender o que preciso aprender. Porque pra mim tudo é aprendizado.

E eu escolho tentar; por mais dolorido que seja, por mais desenfreadas que as lágrimas saiam. Eu tento por mim e pela fidelidade ao que sinto.

Sabe que essa vida é garimpar amores e navegar pra longe se não há mais nada aqui.

Photo by kilarov zaneit on Unsplash

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s